terça-feira, 11 de setembro de 2012

Noite morta

A noite
morta
dura
de pedra
atrás
da moita
não esperava
que o sol
abrisse a janela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário